Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4469
Título: Obtenção de esporos de Bacillus thuringiensis utilizando milhocina como substrato
Título(s) alternativo(s): Obtaining Bacillus thuringiensis spores using millocin as substrate
Autor(es): Oliveira, Edpo Vinicius de
Orientador(es): Marchesi, Luís Fernando Quintino Pereira
Palavras-chave: Resíduos agrícolas
Milho
Fermentação
Inseticidas
Bacillus thuringiensis
Agricultural wastes
Corn
Fermentation
Insecticides
Data do documento: 5-Jul-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Ponta Grossa
Citação: OLIVEIRA, Edpo Vinicius de. Obtenção de esporos de Bacillus thuringiensis utilizando milhocina como substrato. 2019. 75 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2019.
Resumo: O presente estudo consiste em otimizar um processo fermentativo direcionado para a obtenção de esporos de Bacillus thuringiensis (Bti) visando sua comercialização como bioinseticida, através da fermentação de substratos disponíveis na Região Centro-Norte do Estado do Paraná. A milhocina possui potencial como fonte alternativa de substrato para a realização de processos fermentativos para a obtenção de esporos de Bti. Foram conduzidos experimentos avaliando a latente deste resíduo em conjunto com outras fontes de nitrogênio e carbono conceituadas, tal como extrato de levedura, sulfato de amônio e glicose. Além das provas com cada um dos ingredientes isoladamente em relação ao meio de cultura Tripticase Glucose Levedura (TGY) padrão, foi realizado um delineamento composto central, na qual foi analisado as fontes alternativas de nitrogênio em conjunto com concentrações de glicose, devido seu comportamento e reatividade esperados serem notórios durante o processo fermentativo. É tecnicamente possível otimizar o processo fermentativo para a obtenção de esporos de Bti a partir da fermentação utilizando a milhocina. A otimização do experimento resultou em um meio com as seguintes faixas de concentrações das fontes de carbono e nitrogênio: glicose 1g/L; extrato de levedura 2g/L; milhocina 40 g/L e sulfato de amônia 5 g/L. O resíduo milhocina apresenta grande potencial técnico para ser utilizado como fonte de nitrogênio e carbono em processos fermentativos.
Abstract: The present study consists in optimizing a fermentation process directed to obtain Bacillus thuringiensis (Bti) spores aiming its commercialization as bioinsecticide, through the fermentation of available substrates in the Center-North Region of Paraná State. Milletine has potential as an alternative substrate source for fermentation processes to obtain Bti spores. Experiments were conducted to evaluate the latent of this residue in conjunction with other reputable nitrogen and carbon sources, such as yeast extract, ammonium sulfate and glucose. In addition to testing the individual ingredients for the standard Tripticase Glucose Yeast (TGY) culture medium, a central composite design was performed in which alternative nitrogen sources in conjunction with glucose concentrations were analyzed for their behavior and reactivity expected to be noticeable during the fermentation process. It is technically possible to optimize the fermentation process to obtain Bti spores from fermentation using millocin. The optimization of the experiment resulted in a medium with the following concentration ranges of carbon and nitrogen sources: glucose 1g / L; yeast extract 2g / L; 40 mg / L millocin and 5 g / L ammonium sulfate. The millocin residue has great technical potential to be used as a source of nitrogen and carbon in fermentation processes.
URI: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4469
Aparece nas coleções:PG - Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
obtencaoesporosbacillusthuringiensismilhocina.pdf1,31 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.