Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4277
Título: Identifying the roadmap for passenger transportation in Curitiba by means of LCA and mathematical optimization
Autor(es): Cuzinsky, Fernando Cesar
Orientador(es): Ugaya, Cássia Maria Lie
Palavras-chave: Ciclo de vida do produto - Avaliação
Programação linear
Planejamento urbano
Impacto ambiental - Avaliação
Transportes - Planejamento
Transportes - Trânsito de passageiros
Otimização matemática
Engenharia mecânica
Product life cicle - Evaluation
Linear programming
City planning
Environmental impact analysis
Transportation - Planning
Transportation - Passenger traffic
Mathematical optimization
Mechanical engineering
Data do documento: 6-Mai-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Citação: CUZINSKY, Fernando Cesar. Identifying the roadmap for passenger transportation in Curitiba by means of LCA and mathematical optimization. 2019. 111 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica e de Materiais) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2019.
Resumo: Na intenção de definir as prioridades das estratégias de mitigação das mudanças climáticas nas cidades, este trabalho propõe rotas estratégicas para transporte de passageiros para a cidade de Curitiba entre 2017 e 2035. Foi proposta uma estrutura integrada que combina cenários de backcasting, Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) e otimização matemática. A rota quantitativa para transporte de passageiros foi modelado como uma Programação Linear Inteira Mista (PLIM). Os impactos ambientais analisados foram o Potencial de Aquecimento Global (GWP20 e GWP100) e o Potencial de Temperatura Global (GTP100). Verificou-se que, para ambas as rotas analisadas, o projeto do metrô não precisa ser implementado e os ônibus urbanos podem suprir a demanda de transporte. Se uma melhoria ocorrer no transporte público, aumentando sua participação no transporte de passageiros, o GWP100 pode ser 28% menor em 2035, em comparação com o cenário base que é definido pelo impacto GWP100. Esta pesquisa produz um modelo para estimar os impactos das cidades e desenvolver rotas quantitativas para reduzir as mudanças climáticas no transporte de passageiros. Além disso, os presentes resultados proveem dois roteiros para o transporte público e individual, para Curitiba.
Abstract: In order to set the priorities of strategies for climate change mitigation in cities, this work proposes roadmaps for passenger transportation for the city of Curitiba between 2017 and 2035. We suggested an integrated approach that combines backcasting scenarios, Life Cycle Assessment (LCA) and mathematical optimization to prioritize the activities and develop the roadmaps. The quantitative roadmap for passenger transportation was modeled as a mixedinteger linear programming (MILP). Global Warming Potential and Global Temperature Potential impacts were analyzed. From our approach it was found that for both roadmaps, subway does not need to be implemented, and urban buses can supply the transportation demand. Whether an improvement would occur in public transportation, increasing its participation in passenger transportation, the Global Warming Potential for 100 years can be 28% lower in 2035 compared to the baseline scenario. This baseline is also defined by GWP100 impact. This research yields a model to estimate the cities’ impacts and to develop quantitative roadmaps to reduce the climate change for passenger transportation. In addition, the present findings provide two roadmaps for public and individual transportation for Curitiba.
URI: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4277
Aparece nas coleções:CT - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica e de Materiais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_PPGEM_M_Cuzinsky, Fernando Cesar_2019.pdf
  Disponível a partir de 2020-05-06
2,94 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.