Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4232
Título: A vermicompostagem no ensino de ciências para promover a alfabetização científica e desenvolver a educação ambiental
Título(s) alternativo(s): The vermicomposting in science education to promote scientific literacy and develop environmental education
Autor(es): Batista, Vanda Gusmão Dobranski
Orientador(es): Kaick, Tamara Simone van
Palavras-chave: Vermicompostagem - Estudo e ensino
Educação ambiental
Gestão integrada de resíduos sólidos
Prática de ensino
Professores de ciência - Formação
Educação - Estudo e ensino
Ciência - Estudo e ensino - Filosofia
Participação Social
Ciência
Vermicomposting - Study and teaching
Environmental education
Integrated solid waste mangement
Student teaching
Science teachers - Formation
Education - Study and teaching
Science - Study and teaching - Philosophy
Social participation
Science
Data do documento: 3-Jun-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Citação: BATISTA, Vanda Gusmão Dobranski. A vermicompostagem no ensino de ciências para promover a alfabetização científica e desenvolver a educação ambiental. 2019. 169 f. Dissertação (Mestrado em Formação Científica, Educacional e Tecnológica) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2019.
Resumo: Esta pesquisa objetivou analisar a potencialidade da vermicompostagem como prática no Ensino de Ciências numa abordagem para que se integre à Educação Ambiental. Pressupõem-se que o gerenciamento de resíduos sólidos no âmbito escolar favorece a articulação entre Ciência e Educação Ambiental. Diante deste pressuposto questionou-se: qual a viabilidade da vermicompostagem como prática pedagógica no Ensino de Ciências, numa perspectiva de promover a Alfabetização Científica e desenvolver a Educação Ambiental, nos Anos Finais do Ensino Fundamental? Uma abordagem qualitativa e interpretativa foi utilizada para analisar a questão por meio de intervenção pedagógica. A metodologia foi dividida em duas etapas: (1) elaboração, aplicação e análise de uma Sequência Didática sobre a vermicompostagem para alunos do 7º ano do Ensino Fundamental II e, (2) uma investigação com professores de Ciências da Rede Estadual de Ensino do Paraná, do município de Curitiba, sobre suas práticas pedagógicas relacionadas ao gerenciamento de resíduos sólidos orgânicos, assim como as suas percepções em relação à vermicompostagem como prática pedagógica. A proposição e implementação da Sequência Didática foi analisada considerando os elementos dos três Eixos Estruturantes da Alfabetização Científica propostos por Sasseron e Carvalho (2011); assim como os aspectos da participação social para Alfabetização Científica, conforme Marques e Marandino (2018); e considerou-se a Educação Ambiental crítica por meio da mudança de atitudes e valores, como preconizado por Carvalho (2005). Os dados obtidos na primeira e segunda etapa da pesquisa foram avaliados por meio da Análise de Conteúdo proposto por Bardin (2011). Como resultado da primeira etapa, foi possível constatar elementos nas atividades da Sequência Didática sobre a vermicompostagem em consonância a aspectos dos eixos de Alfabetização Científica, aos pressupostos para a participação social, e para favorecer mudanças de atitudes e valores. O resultado da segunda etapa, a qual realizou-se com uma amostra de vinte e um professores, mostrou que nove professores realizam práticas de gerenciamento de resíduos sólidos, principalmente relacionadas à Educação Ambiental. Doze professores não realizam práticas de gerenciamento de resíduos sólidos, e estes apontaram as limitações no ambiente escolar que dificultam essas ações pedagógicas. Os professores participantes desta pesquisa apresentaram suas percepções acerca da vermicompostagem, as quais permitiram identificar a potencialidade da vermicompostagem para a aprendizagem e para desenvolver a Educação Ambiental. Desta forma, foi possível constatar possibilidades de práticas de gerenciamento de resíduos sólidos orgânicos como prática pedagógica no Ensino de Ciências e para desenvolver a Educação Ambiental. Por meio desta pesquisa, delineou-se uma proposta de um curso sobre a temática vermicompostagem direcionado a professores da educação básica.
Abstract: This research aimed to analyze the potential of vermicomposting as a practice in Science teaching to integrate Environmental Education. It is assumed solid waste management at school favors the articulation between Science and Environmental Education. Given this assumption it was questioned: what is the viability of vermicomposting as a pedagogical practice in Science teaching, considering the development of Scientific Literacy and of Environmental Education during the final years of Middle School? Qualitative and interpretative approach was used to analyze the question through pedagogical intervention. The methodology was divided in two stages: (1) elaboration, application and analysis of a Didactic Sequence about vermicomposting for 7th grade students and, (2) investigation with Science teachers from public education system of Paraná State, Curitiba City, about their pedagogical practices in management of solid organic waste, as well as their perceptions regarding vermicomposting as pedagogical practice. The Didactic Sequence proposition and implementation were analyzed considering elements of three Structuring Axes of Scientific Literacy proposed by Sasseron and Carvalho (2011); as well as the aspects of social participation for Scientific Literacy according to Marques and Marandino (2018); and it was considered a critical perspective of Environmental Education through change of attitudes and values as recommended by Carvalho (2005). Data obtained from the first and second stages of this research were evaluated through Content Analysis proposed by Bardin (2011). As a result from first stage, it was possible to verify elements in activities of the Didactic Sequence about vermicomposting in consonance with aspects of Scientific Literacy Axes, related to the assumptions for social participation, and to favor changes in attitudes and values. The result from second stage, which was carried out with a sample of twenty-one teachers, showed that nine teachers have applied solid waste management practices, mainly related to Environmental Education. Twelve teachers have not applied solid waste management practices, and they have pointed out many limitations in the school physical structure that make more difficult to apply these pedagogical actions. Twentyone teachers participating in this research presented their perceptions about vermicomposting, which allowed to identify the potential of vermicomposting for learning and to develop Environmental Education. Thus, it was possible to verify possibilities for the feasibility of organic solid waste management practices as pedagogical practice in Science teaching to develop Environmental Education. Based on this research, a proposal was presented for a course about vermicomposting subject aimed to teachers from basic education.
Descrição: Acompanha: Proposta de curso para professores sobre vermicompostagem
URI: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4232
Aparece nas coleções:CT - Programa de Pós-Graduação em Formação Científica, Educacional e Tecnológica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_PPGFCET_M_Batista, Vanda Gusmão Dobranski_2019.pdf2,31 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir
CT_PPGFCET_M_Batista, Vanda Gusmão Dobranski_2019_1.pdf1,25 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons