Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4407
Título: Compostos bioativos de Ganoderma lucidum na indução de resistência a oídio em soja e a toxicidade a organismos não-alvo
Autor(es): Cruz, Mycheli Preuss da
Orientador(es): Mazaro, Sérgio Miguel
Palavras-chave: Soja - Cultivo
Cogumelos - Cultivo
Fitopatologia
Soybean - Planting
Mushroom culture
Plant diseases
Data do documento: 12-Fev-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Citação: CRUZ, Mycheli Preuss da. Compostos bioativos de Ganoderma lucidum na indução de resistência a oídio em soja e a toxicidade a organismos não-alvo. 2019. 119 f. Dissertação (Mestrado em Agroecossistemas) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, 2019.
Resumo: O Ganoderma lucidum é um cogumelo medicinal muito utilizado nos países orientais e atualmente em âmbito mundial. Seu corpo de frutificação e micélio são compostos por polissacarídeos, triterpenos e mais de 200 metabólitos secundários. Estes compostos exibem uma gama de bioatividades, como ação antiinflamatória, antitumorigênica, antibacteriana e antifúngica. Inúmeras publicações científicas demostram o potencial e atuação dos compostos de G. lucidum no controle de doenças em animais e seres humanos. Porém, ainda são escassas as informações sobre o efeito desses metabólitos secundários no controle de fitopatógenos, seja de forma direta ou ativando mecanismos de defesa das plantas. Na busca de novas moléculas que possuam atividade indutora e no controle de doenças, este trabalho teve como objetivo avaliar os compostos bioativos produzidos por G. lucidum através do cultivo em meio líquido sob eliciação, para controle de oídio (Erysiphe diffusa) em plantas de soja. Foram avaliadas a ativação de mecanismos de defesa de plantas e a toxidade a organismos não-alvo. Os compostos testados foram: C01- controle (água destilada); C02- Oxicloreto de cobre (1,0L ha-1) ; C03- Azoxistrobina + Ciproconazol (1,0 L ha-1), FC01- filtrado do crescimento micelial de G. lucidum sem eliciação padrão lignina (5%), FC02- filtrado da eliciação com, FC03- filtrado da eliciação com ácido salicílico (AS) 2 mM. Os dados foram todos analisados utilizando o software R®. Os filtrados de Ganoderma eliciado com AS apresentaram ação fungicida sobre o oídio (Erysiphe diffusa) in vitro, sendo a concentração inibitória mínima de 5 mg/mL-1. Os filtrados de Ganoderma demonstraram potencial de indução de resistência em plantas de soja pela ativação de fitoalexinas, ativação da enzima fenilalanina amônia-liase, incremento de compostos fenólicos, atividade de peroxidases e da enzima quitinase, sendo que tal indução possui especificidade em relação ao tempo de ativação e associação com eliciadores. Os FCM (filtrados de crescimento micelial) possuem potencial fungicida quando aplicados em plantas de soja infectadas por oídio, reduzindo a severidade da doença. Os FCM demostraram ser atóxicos a organismos não-alvo. Novos trabalhos devem ser considerados, buscando identificar e isolar os princípios ativos presentes nos FCM, bem como avaliar a ação destas mesmas substâncias em outros patossistemas de interesse agrícola.
Abstract: The Ganoderma lucidum is a medicinal fungi widely used in Eastern countries and currently worldwide. Its fruiting body and mycelium are composed of polysaccharides, triterpenes and more than 200 secondary metabolites. These compounds exhibit a range of bioactivities, such as anti-inflammatory, antitumorigenic, antibacterial and antifungal action. Multiple scientific publications demonstrate the potential and performance of the compounds of G. lucidum in the control of diseases in animals and humans. However, the information about the effect of these secondary metabolites on plant pathogens control still scarce, either in direct form or by activating plant defense mechanisms. In the research of new molecules that have induction activity and/or direct toxicity against fitopathogenic fungi, the aim of this work was to evaluate the bioactive compounds produced by G. lucidum through liquid culture under elicitation, to control powdery mildew (Erysiphe diffusa) in soybean plants. The activation of plant defense mechanisms, and toxicity to non-target organisms were evaluated. The compounds tested were: C01- control (distilled water); C02- Copper oxychloride (1,0 L ha-1); C03- Azoxystrobin + Ciproconazole (1,0 L ha-1), FC01- filtered mycelial growth broth of G. lucidum without elicitation, FC02- elicitation filtrate with lignin standard (5%); FC03- filtered from the culture elicited with 2 mM salicylic acid (SA). The data were all analyzed using the R® software. The Ganoderma filtrate associated with SA showed fungicidal action on powdery mildew (Erysiphe diffusa) in vitro, with a minimum inhibitory concentration of 5 mg mL-1. The Ganoderma filtrates demonstrated the potential of induction of resistance in soybean plants by the activation of phytoalexins, activation of the enzyme phenylalanine ammonialyase, increase of phenolic compounds, peroxidases and chitinase enzyme activity. Such activity has specificity in relation to time and association with elicitors. The MGF (mycelial growth filtrate) have fungicidal potential when applied to soybean plants infected by powdery mildew, reducing disease severity. The MGF had been proved to be non-toxic to non-target organisms. New researches should be considered, seeking to identify and isolate the active principles present in the MGF, as well as in other pathosystems of agricultural interest.
URI: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4407
Aparece nas coleções:DV - Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_PPGSIS_M_Cruz, Mycheli Preuss da_2019.pdf
  Disponível a partir de 5000-03-01
3,89 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.