Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/188
Título: Análise da matriz energética brasileira sob a visão sistêmica: programas energéticos governamentais e a redução de gases de efeito estufa
Autor(es): Lückemeyer, Alfonso Celso Arruda Bianchini
Orientador(es): Casagrande Junior, Eloy Fassi
Palavras-chave: Tecnologia
Recursos energéticos
Política energética
Efeito estufa (Atmosfera)
Energia - Consumo
Technology
Power resources
Energy policy
Greenhouse effect, Atmospheric
Energy consumption
Data do documento: 27-Abr-2010
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Citação: LÜCKEMEYER, Alfonso Celso Arruda Bianchini. Análise da matriz energética brasileira sob a visão sistêmica: programas energéticos governamentais e a redução de gases de efeito estufa. 2010. 170 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2010.
Resumo: Essa dissertação propôs como tema de estudo um panorama das energias renováveis e menos poluentes no Brasil, com enfoque para as mudanças climáticas globais, mais especificamente a emissão de gases de efeito estufa. O objetivo da pesquisa foi analisar a matriz energética brasileira no que se refere à relação entre a oferta de energia renovável, regulamentada pelas políticas e programas governamentais e a emissão de gases de efeito estufa. Esta análise foi realizada por meio de uma contextualização da matriz energética brasileira no panorama mundial, da relação entre os usos de energias com as mudanças climáticas globais e do estudo dos programas energéticos brasileiros e sua contribuição para minimizar a emissão de poluentes atmosféricos. Para o desenvolvimento deste estudo foi realizado um levantamento histórico, por meio de revisão bibliográfica, do uso da energia e de programas energéticos governamentais, da oferta de energia e emissões de CO2 e cenários para o ano de 2030, dos acordos internacionais e mecanismos para a mitigação de mudanças climáticas, dos setores da sociedade brasileira que mais consomem energia e quais as fontes utilizadas por esses setores, das tecnologias de energias renováveis disponíveis e os danos climáticos por elas causados nos processos energéticos. A ótica epistemológica sistêmica fundamentou essa dissertação, cujo método mostrou-se adequado ao encaminhamento da questão energética para o jogo de harmonização entre recursos naturais, consumo e danos climáticos, com base na visão de uma ecossocioeconomia. Como principais resultados verificou-se que é possível aumentar a participação de energias renováveis e menos poluentes tais como eólica, solar, PCH e biomassa na matriz energética brasileira e promover a eficiência energética de forma a aumentar a oferta de energia, diminuindo a necessidade da utilização de recursos energéticos naturais e os impactos ambientais decorrentes. Constatou-se que as políticas e programas energéticos governamentais contribuem para o incentivo do uso de energias renováveis e para a melhoria dos índices de poluentes atmosféricos. Concluiu-se que para mitigar a emissão de gases de efeito estufa a partir dos processos energéticos e simultaneamente garantir a continuidade do desenvolvimento econômico faz-se necessário um conjunto de medidas que inclua: a substituição gradativa de fontes fósseis na matriz energética por fontes renováveis, associada à eficiência energética e a programas governamentais integrados e viáveis em termos políticos, econômicos, tecnológicos e sócio-ambientais. Observou-se que há um jogo de forças envolvendo energia entre as necessidades sócio-ambientais e de desenvolvimento econômico e, portanto, no momento presente e para um futuro próximo não há como descartar a total utilização de energias não renováveis (termelétricas a combustíveis fósseis e a energia nuclear e combustíveis fósseis para o setor de transportes), tendo em vista a necessidade de se atender à questão da segurança energética.
Abstract: This thesis proposed as subject of study an overview of renewable and less pollutant energy in Brazil, focusing on global climate change, specifically the emission of greenhouse gases. The objective of the research is to analyze the Brazilian energy matrix with respect to the relation between the supply of renewable energy, regulated by governmental policies and programs, and the issue of greenhouse gases. This analysis is made through a contextualization of the Brazilian energy matrix in the world scene, of the relation between the uses of energy and global climate change, and of the analysis of energy programs in Brazil and their contribution to minimize the emission of air pollutants. For this study, a historical survey was conducted, by means of literature review, on the use of energy and governmental energy programs, energy supply, CO2 emissions and scenarios for the year 2030, international agreements and mechanisms for climate change mitigation, sectors of Brazilian society that consume more energy and what are the sources they use, renewable energy technologies available and the climate damage caused by them in energy processes. The systemic epistemological view has based this thesis, since this method was suitable for the managing of the energy issue for the game of harmonization among natural resources, consumption and climate damage, based on the view of an ecossocioeconomia. The main results showed that it is possible to increase the share of less pollutant and renewable energy such as wind, solar, small hydropower plants and biomass in the Brazilian energy matrix and promote energy efficiency in order to increase the supply of energy, reducing the need of using natural energy resources and the consequent environmental impact. It was noted that governmental energy policies and programs contribute to encourage the use of renewable energy and to improve levels of air pollutants. It was concluded that, in order to reduce the emission of greenhouse gases from energy processes while guaranteeing the continuity of economic development, a set of measures is necessary, including: gradual replacement of fossil fuels in energy matrix by renewable sources, in association with energy efficiency, and integrated and viable governmental programs in political, economic, technological and socio-environmental terms. It was observed that there is an interplay of forces involving energy between socio-environmental and economic development and, therefore, at present and near future there is no way to rule out the use of totally non-renewable energy (thermoelectric power plants run by fossil fuels and nuclear energy, and fossil fuels for the transportation sector), considering the need to address the issue of energy safety.
URI: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/188
Aparece nas coleções:CT - Programa de Pós-Graduação em Tecnologia e Sociedade

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_PPGTE_M_Lückemeyer, Alfonso Celso Arruda Bianchini_2010.pdf
  Acesso Restrito
2,42 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.