Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/14000
Título: Uso de inibidores e protetores na identificação do mecanismo de tolerância do feijoeiro a herbicidas inibidores da Protox
Título(s) alternativo(s): Use of inhibitors and protectors to identify the mechanism of bean tolerance to protox inhibitors herbicides
Autor(es): Oliveira, Ruy Tassiano da Fonseca de
Orientador(es): Trentin, Michelangelo Muzell
Palavras-chave: Feijão - Doenças e pragas
Herbicidas
Plantas - Efeito dos herbicidas
Inibidores enzimáticos
Beans - Diseases and pests
Herbicides
Plants - Effect of herbicides on
Enzyme inhibitors
Data do documento: 19-Nov-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Citação: OLIVEIRA, Ruy Tassiano da Fonseca de. Uso de inibidores e protetores na identificação do mecanismo de tolerância do feijoeiro a herbicidas inibidores da Protox. 2018. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2018.
Resumo: O uso de herbicidas pré-emergentes não registrados para cultura do feijoeiro pode ser uma nova alternativa para detectar novos herbicidas que possam ser eficientes no manejo das ervas daninhas. Este trabalho teve como objetivo Identificar se a metabolização dos herbicidas desempenha função importante na tolerância do feijoeiro aos herbicidas inibidores da enzima Protox aplicados em pré-emergência. Foram utilizadas duas cultivares de feijão, sendo elas BRSMG Talismã tolerante e IAC Milênio sensível aos herbicidas saflufenacil e sulfentrazone. Para verificação da tolerância do feijoeiro, foram utilizados os inseticidas organofosforados Malathion e Clorpirifós inibidores de enzimas metabolizadoras dos herbicidas, onde o clorpirifós aplicado no sulco de semeadura mostrou-se mais eficiente. E a utilização de protetores Menfenpyr e Anidrido Naftálico para aumento da atividade de enzimas metabolizadoras dos herbicidas, onde o Menfenpyr em tratamento de sementes mostrou-se mais eficiente. Ambos os produtos desempenharam melhor sua função quando associado ao herbicida sulfentrazone. Após o ensaio preliminar realizou-se um ensaio definitivo com os produtos de melhor eficiência, mostrando que a metabolização é um processo que condiciona a tolerância do feijoeiro a herbicidas inibidores da protox.
Abstract: The use of non-registered pre-emergent herbicides for common bean cultivation may be a new alternative to detect new herbicides that may be efficient in weed management. The objective of this study was to determine if herbicide metabolism plays an important role in bean tolerance to pre-emergence herbicides. Two common bean cultivars were used, being BRSMG Talismã tolerant and IAC Milênio sensitive to saflufenacil and sulfentrazone herbicides. To verify the tolerance of the bean, the organophosphate insecticides Malathion and Clorpirifós inhibitors of herbicide metabolizing enzymes were used, where the chlorpyrifos applied in the sowing furrow proved to be more efficient. And the use of Menfenpyr and Naphthalic Anhydride protectors to increase the activity of herbicide metabolizing enzymes, where Menfenpyr in seed treatment was more efficient. Both products performed better when combined with the sulfentrazone herbicide. After the preliminary test, a final test was carried out with the most efficient products, showing that the metabolization is a process that conditions the tolerance of bean to protox inhibition herbicides.
URI: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/14000
Aparece nas coleções:PB - Agronomia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_COAGR_2018_2_28.pdf
  Disponível a partir de 5000-01-01
465,34 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.